Solucionando o comportamento de alguns motoristas oportunistas

o sistema eletrônico vai acabar com a figura do atravessador do talão do Rotativo, além de eliminar a desculpa usada por motoristas, segundo a qual é difícil encontrar uma folha para o estacionamento na correria do dia a dia. Como essa tecnologia sozinha ainda demandaria a presença dos fiscais, a empresa diz estar reajustando as vistorias por áreas da cidade. O objetivo é fazer com que equipes visitem os locais mais visados duas vezes por dia. Está em estudo ainda um método de fiscalização que também usa tecnologia para reduzir a necessidade da presença de agentes de trânsito.

via BHTrans venderá crédito por celular para coibir desrespeito no uso do Rotativo – Gerais – Estado de Minas.